Óleo da unção: Amuleto com poderes sobrenaturais?


Um dos assuntos que mais tem badalado os cristãos é o uso de óleo da unção, e este artigo foi escrito exactamente para esclarecer os excessos e analisar tudo isso com base nas escrituras.


Em seguida o Senhor disse a Moisés: “junte as seguintes especiarias: seis quilos de mirra liquida, a metade disso, ou seja, três quilos de canela, três quilos de cana aromática, seis quilos de cassia, com base no peso padrão do santuário, e um galão do azeite de oliva.


Faça com ele o óleo sagrado para as unções, uma mistura de aromas obra do perfumista. Este será o óleo sagrado para as unções.

Êxodo 30:22-25



Certa vez, enquanto dirigia um estudo bíblico no instituto nacional de petróleos (INP), fiquei estarrecido ao perguntar acerca do óleo da unção. Para a minha surpresa disseram me que as meninas de lá usavam o óleo todas as noites nas testas como protecção contra os maus espíritos, como meio para expulsar demónios e muito mais, desinformação ou ignorância das escrituras? Para solucionar o problema preparamos um estudo bíblico sobre o assunto, mas parece que devido a leitura dos livros da defensora da maldição hereditária Rebecca Brown passaram agora a usa lá para protecção de bens materiais tal como residência e muito mais.

Vamos agora analisar o que a bíblia diz sobre o assunto, lembrando sempre do sábio conselho do apóstolo Paulo, de irmos não alem do que esta escrito.

O óleo da unção foi usado no antigo testamento através de uma ordem direita de Deus a Moisés, que devia ser feito segundo as especiarias descritas em êxodo 30:22-25,era um óleo que era usado para consagrar a tenda da aliança e os seus respectivos utensílios. Em relação as pessoas o óleo era usado para ungir apenas os sacerdotes v.30), reis (1samuel10:1,1samuel16:12-13) em suma apenas a liderança religiosa e monárquica, nunca um homem qualquer, com o risco de ser extirpado do meio do povo (30:33).

Como estas coisas eram apenas sombras das coisas que haviam de vir (Col2:17), vejamos que diz o novo testamento.

No novo testamento dois versículos são utilizados para todas espécies de bizarrices com o óleo de azeite, Marcos 6:12 e Tiago 5:14. Certa enquanto novinho na fé, participei do exorcismo de um rapaz em que o principal interveniente um pastor da AD pentecostal de Angola exigia que a gente usasse o óleo na mão como protecção e para queimar o demónio e depois despejamos óleo na boca do jovem endemoninhado para expulsar o demónio, com o pouco conhecimento que tinha na altura lembro de estar em duvida se aquilo era bíblico ou não. Disseram me apenas que aquilo resultava e pronto e ai de quem questionar.

Vou começar com o texto de marcos.



Eles saíram e pregaram ao povo que se arrependesse. Expulsavam muitos demónios e ungiam muitos doentes com óleo, e os curavam.

Marcos 6:12

Esse texto é muito usado para defender que os demónios podem ser expulsos com o óleo, e que esse mesmo óleo aplicado na porta, carro, pessoa traz protecção, fazendo com que esse óleo seja como amuleto para muitos evangélicos. Uma análise rápida nesse texto joga por terra essas superstições dos macumbeiros evangélicos, ora veja. O texto diz que o apóstolos expulsavam muitos demónios e depois diz que ungiam os doentes e os curavam, há uma clara separação neste texto entre o exorcismo e a cura, de lembrar também que o texto não diz que era o óleo que os curava como se o óleo por mais puro que seja tivesse propriedades sobrenaturais.

Facto curioso em relação a isso é os profetas e os pastores provenientes principalmente do Republica Democrática do Congo, que vendem “óleo da unção da riqueza”, alem de não ser bíblico e ser uma maneira de extorquir os trouxas que querem enriquecer a todo custo (1timoteo 6:10), se as referidas unções enriquecessem mesmo porque eles ainda precisam do dinheiro das pessoas a quem querem vender as ditas unções financeiras? Na realidade essas unções todas so enriquecem os mercadores da fé.



Entre vocês há alguém que esta doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja, para que estes orem e o unjam com óleo em nome do Senhor.
A oração feita com fé curará o doente; se tiver cometido pecados, ele será perdoado.

Tiago 5:14-15



Vamos como bons bereanos garimpar estes versículos.

Este texto tal como o de marcos mostra nos que os líderes da igreja são quem devem ungir, excluímos desde já de ungir alguém, os leigos e as mulheres uma vez que elas não podem ser nomeadas a presbíteros e a cargos de direcção nas igrejas de verdade (1timoteo3:2).

Podemos observar também que não é óleo em si que cura, mas sim a “oração feita com fé”.

Para protecção amados irmãos dependemos exclusivamente da misericórdia de Deus.




Graças ao grande amor de Deus é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis.

Lamentações 3:22



Nenhum óleo, arruda ou sangue de pato pode te proteger se não for pela providência divina, esquecemos que se o Senhor não proteger em vão trabalham os que protegem.

O Senhor detesta o uso de amuletos e outras coisas mais, onde a gente deposita a fé em vez de ser no Nosso Senhor Jesus.

0 Óleo pode ate servir para estimular a fé de alguém, tal como injecção de soro pode estimular a combater uma doença psicológica, mas não devemos endeusar essa substancia ou seja lá o que for.

Para expulsar demónios, curar doentes ainda buscar a salvação, só há um nome, que nos foi dado.



Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu expulsarão demónios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes, e se beberem algum veneno mortal não lhe fará mal algum, imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados.

Marcos 16:17-18

Tudo no nome de Jesus!



Manuel Dilandamoko

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SERA ERRADO OUVIR MUSICA MUNDANA?

Igreja Mundial em Angola suspeita de lavagem de dinheiro

O HOMOSSEXUALISMO EM ANGOLA